Noticias

  • Maior parque fabril da América do Sul NUCLEP está entre as protagonistas do cluster tecnológico naval

    Às vésperas de completar 40 anos de uma trajetória de conquistas e ações que contribuíram com o crescimento da nossa Indústria Naval, assim como para o desenvolvimento do setor nacional de Óleo e Gás, a NUCLEP se destacou mais uma vez como uma das quatro empresas a formar o novo Cluster Tecnológico Naval.
    A iniciativa, que reunirá os setores público e privado em prol do desenvolvimento da indústria marítima, teve seu lançamento na manhã de hoje (12/11), na Firjan, com a condução feita pelo presidente da instituição, Eduardo Eugênio Gouveia Vieira, e a participação do Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Ilques Barbosa Junior. Dentre as autoridades presentes, os presidentes das empresas titulares do Cluster: o Vice-Almirante (RM1/ IM) Edesio Teixeira Lima Junior, da Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON); o Vice-Almirante (RM1), Antonio Carlos Soares Guerreiro, da Amazônia Azul Tecnologias de Defesa (AMAZUL); o Contra-Almirante (RM1) Carlos Henrique Silva Seixas, da Nuclebras Equipamentos Pesados (NUCLEP); e o empresário Carlos Erane Aguiar, da Condor Tecnologias Não Letais.
    Para o C. Alte Seixas, a NUCLEP, pioneira no Brasil na construção de blocos para plataformas semissubmersíveis da Petrobras,  tem grandes expectativas já para 2020. “O resultado que esperamos virá através desse novo momento que o país projeta para o setor de Óleo e Gás. São bilhões anunciados em investimentos para os próximos cinco anos. Com as vantagens oceânicas que o país oferece, somar a força das indústrias, empresas e instituições ligadas aos setores Naval e On/Offshore, impulsionará o desenvolvimento da região, o aumento da produtividade, emprego e consumo. Empresas privadas e públicas juntas com um único propósito de desenvolver o setor e contribuir para a recuperação da economia”, celebrou o presidente da NUCLEP. 
    O lançamento do Cluster contou com o prestígio da NUCLEP e as presenças dos Diretores Administrativo, C. Alte. (RM1) Oscar Moreira da Silva Filho; Comercial, Nicola Neto; e Industrial, CMG Affonso Alves, além dos Gerentes Gerais da Presidência, Marcelo Perillo; e de Planejamento e Finanças, CMG Genildo Araujo e o assessor da Diretoria Executiva, Wagner Coelho.

  • NUCLEP recebe Subsecretário da SPOA do MME Vice-Almirante Hélio Mourinho Garcia Junior

    O presidente da NUCLEP, C. Alte Carlos Henrique Silva Seixas, seus diretores Administrativo, C. Alte Oscar Moreira Silva Filho; Industrial, CMG Affonso Alves; e Comercial, Nicola Neto; e os Gerentes Gerais da Presidência, Marcelo Perillo; de Planejamento e Finanças, CMG Genildo Araujo; e de Recursos Humanos, CMG Álvaro José, dedicaram o dia (12.11) a ciceronear uma visita especial.
     
    O Subsecretário de Planejamento, Orçamento e Administração do Ministério de Minas e Energia, Vice-Almirante Helio Mourinho Garcia Júnior, e a mais nova integrante do Conselho Administrativo da NUCLEP, representante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Julieta Costa Cunha, vieram de Brasilia especialmente para conhecer a empresa e iniciaram o dia assistindo a uma apresentação institucional da NUCLEP, elaborada pelo diretor Affonso Alves, e que detalhou desde a história da empresa aos projetos entregues, em andamento e ainda sendo prospectados.
     
    Durante a apresentação o presidente, C. Alte Seixas, destacou a importância estratégica da empresa para o setor nuclear. “Não fomos construídos em Itaguaí aleatoriamente. Somos preparados para atender às Usinas de Angra 1 e 2, da fabricação e manutenção de equipamentos a qualquer outra demanda que necessite de expertise nuclear. Somos os únicos do país com o selo de Qualidade ASME III e os responsáveis pela construção do reator nuclear do LABGENE – Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica, entre outras demandas de extrema importância para o Brasil”, disse. 
     
    O presidente falou ainda sobre a nova área de atuação da NUCLEP, que agora é também uma linha de produção de Torres de Transmissão de Energia. “O Governo anunciou a construção até 2027 de mais de 55 mil quilômetros em linhas de transmissão.Nossos estudos apontam déficit no mercado para atender tudo isso e a NUCLEP, maior caldeiraria do Brasil, fará a diferença. Já estamos em fase final de construção do galpão que trabalhará para absorver boa parte dessa demanda. E é esse novo nicho que dará perenidade à empresa”, enfatizou o C.Alte Seixas.
     
    Na sequência, após caminharem pelo maior parque de usinagem da América do Sul, a especialista de desenvolvimento industrial na Confederação Nacional da Indústria – CNI, Julieta Costa Cunha, agradeceu a oportunidade de fazer parte da história da empresa. “É uma honra poder fazer parte do Conselho Administrativo dessa gigante. A NUCLEP é realmente impressionante e da mesma forma que enxergamos dificuldades, também é evidente o leque de possibilidades e meios de contribuirem para o país”, finalizou.

  • NUCLEP e Estado avançam pela reativação de campus da FAETEC na empresa

    A Diretoria Executiva da NUCLEP recebeu nesta terça-feira (05.11), representantes da coordenação da FAETEC e da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação - RJ,  dando continuidade às tratativas iniciadas em março com o Subsecretário de Cooperação do Setor Tecnológico e Inovativo, Filippo Scelza, para reativar a FAETEC no Centro de Treinamento Técnico Industrial da NUCLEP.
     
    A NUCLEP vai disponibilizar toda a infraestrutura necessária para a realização das atividades permitindo que a FAETEC funcione como um campus avançado da instituição, disponibilizando à noite, os cursos de Mecânica, Logística e Eletromecânica. As turmas serão formadas por cerca de 30 alunos e tem como previsão de início o segundo semestre de 2020. “O impacto na região será enorme. Nosso enfoque é atender às comunidades e qualificar a mão de obra local. Em compensação, a NUCLEP e até mesmo empresas vizinhas saem ganhando, com a prestação de serviços mais especializados e fornecimento de materiais e insumos”, declarou o diretor Industrial, Comte. (CMG/EN) Affonso Alves.
     
    Presentes ao encontro pela NUCLEP, os diretores Administrativo, Contra-Almirante Oscar Moreira Filho, e Industrial, Comte. (CMG/EN) Affonso Alves; o gerente Geral da Presidência, Marcelo Perillo; o assessor de Relações Trabalhistas, Wagner Coelho; o engenheiro Frederico Ribeiro; e o técnico Industrial, Manoel Neto; Já pela Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, o subsecretário de Políticas Públicas e Ensino Tecnológico, Rafael Alves e os assistentes Fabrício Pontes e Carlos Bittencourt. E representando a FAETEC, a equipe de coordenação formada por Cristiane Barreiros, Márcia Farinazo e Rosane Farias. 
     
     

  • Com foco em qualificação profissional Moçambique busca Know How no Centro de Treinamento da NUCLEP

    Procurando ampliar os horizontes e formar novas parcerias, a NUCLEP recebeu na última sexta-feira (1.11), a visita da principal estatal moçambicana da área de Óleo e Gás, a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), representada pelo vice-presidente executivo, Tavares Martinho, e pela técnica de Comunicação, Maysa Ginaby.
     
    Acompanhada pelo Gerente Geral da Câmara de Comércio, Indústria e Agropecuária Brasil-Moçambique (CCIABM), Bernardo Furtado, a delegação, recepcionada pelo Gerente Geral de Negócios e Inteligência Competitiva, Ricardo Correa, o Gerente de Vendas, André Luiz Abrantes, e o Engenheiro de Vendas, Jahn Lisboa Dihlmann, visitou o piso fabril da NUCLEP e conheceu o Centro de Treinamento Técnico, onde o técnico Industrial, Manoel Neto, explicou o funcionamento e treinamento dos jovens aprendizes e o impacto social causado na região.
     
    Tavares Martinho afirmou que a falta de mão de obra qualificada em Moçambique é um dos principais obstáculos para o desenvolvimento da indústria do país e que o Centro de Treinamento Técnico Industrial da NUCLEP é um exemplo do que pode ser feito pelas empresas para mudar isso. “Buscamos parceiros comerciais e tecnológicos que possam dar suporte ao nosso crescente mercado de gás. O CTT de vocês é um modelo de sucesso, de como investir na mão de obra local, e temos muito a aprender com essa experiência. Saímos dessa visita impressionados com a grandiosidade e capacidade produtiva da empresa. Deviam existir mais empresas assim”, disse o vice-presidente executivo da ENH.

  • Senac RJ abre 40 vagas gratuitas para curso de Assistente Administrativo, como parte do Projeto ExtraMuros, da NUCLEP, em Itaguaí

    O Senac RJ está com inscrições abertas para o curso gratuito de Assistente Administrativo em Itaguaí. O curso será ministrado em um espaço parceiro na empresa NUCLEP.  São 40 vagas voltadas para pessoas de baixa renda e oferecidas pelo Programa Senac de Gratuidade (PSG). As aulas têm início no dia ‪25 de novembro‬ e as inscrições devem ser feitas pelo site psg.rj.senac.br
     
    A parceria com o Senac RJ integra o Projeto ExtraMuros, da NUCLEP, que visa contribuir para o desenvolvimento das comunidades do entorno, promovendo iniciativas nas áreas de educação profissional, geração de emprego, renda e outras ações voltadas para a promoção da cidadania.
     
    Com duração aproximada de quatro meses, o curso Assistente Administrativo tem foco no desenvolvimento das competências profissionais para atuação em atividades de apoio administrativo de uma organização. O aluno aprenderá a atuar como apoio operacional em diversas áreas, controlando a rotina administrativa, de pessoal e a movimentação de bens patrimoniais, produtos e serviços. O curso será realizado às segundas, quartas e sextas-feiras, das 13h ‪às 17h‬. Para se inscrever é necessário ter Ensino Fundamental completo e idade mínima de 16 anos.

     
    O Programa Senac de Gratuidade (PSG) oferece cursos de educação profissional a pessoas de baixa renda em busca oportunidades no mercado de trabalho. Para se candidatar às vagas é preciso comprovar renda familiar per capita de até dois salários mínimos. Os interessados devem se inscrever no site e responder a um questionário socioeconômico. O regulamento completo do PSG está disponível no site de inscrição. 
     
    Serviço:

    Senac RJ
    Assistente Administrativo - 40 vagas gratuitas
    Início: ‪25/11/2019‬
    Término: 13/04/2020
    Dias e horários: 2ª, 4ª e 6ª – 13h ‪às 17h‬.
    Local: NUCLEP - (Av. Gal. Euclydes de Oliveira Figueiredo, 200 – Brisamar – Ilha da Madeira, Itaguaí – RJ)
    Pré-requisito: Ensino Fundamental completo e idade mínima de 16 anos.
    Inscrições: psg.rj.senac.br.

  • NUCLEP valoriza e investe no desenvolvimento socioambiental e profissional da região

    Em mais uma ação pelo desenvolvimento socioambiental e profissional da região, a NUCLEP deu início nesta terça-feira (29.10) ao projeto Visita Guiada, ação coordenada pelo setor de Meio Ambiente da empresa.
     
    A iniciativa busca demonstrar as atividades realizadas pelos nossos profissionais aos alunos de instituições do município, além de incentivar a sensibilização ambiental e motivar o interesse dos jovens pelo aprimoramento educacional.
     
    A primeira visita do projeto foi dos alunos do 9º ano do ensino fundamental do Colégio Municipal Senador Teotônio Vilella, de Itaguaí, que, foram apresentados  pelos técnicos Thiago Soares, do em Meio Ambiente, e Manoel Neto, do Industrial, ao vídeo institucional da NUCLEP e, em seguida, ao Centro de Treinamento Técnico.
     
    No CTT observaram como funciona o projeto Jovem Aprendiz, que através de cursos tecnológicos na área de Metalmecânica, promove a integração de jovens que não possuem qualificação profissional.
     
    Para Manoel, o CTT e o programa de aprendizes são motivos de orgulho e transmitem uma ótima vivencia para os visitantes. “Trabalho aqui há 29 anos e é relevante destacar que cerca de 43% da mão de obra da empresa é formada aqui, por jovens da região como vocês. Nossos projetos estão cada vez mais focados nesse resultado para a região”, declarou.
     
    Já no aspecto de socioambiental, os alunos visitaram o bosque da empresa, que além possuir horta comunitária e área de compostagem, tem diversas plantas nativas da Mata Atlântica. O objetivo é a conscientização da importância da preservação de recursos naturais. “Aqui na NUCLEP temos uma enorme responsabilidade com a preservação do meio ambiente. Manter local arborizado é importante para a manutenção da temperatura e a vegetação serve como moradia e alimentação de inúmeras espécies vivem aqui. Por isso fazemos uma grande gestão ambiental na empresa”, disse o técnico em Meio Ambiente, Thiago Soares.
     
    Mônica Janara, uma das professoras responsáveis pela visita dos estudantes, declarou que proposta de possibilitar uma experiência fora da sala de aula para os alunos é essencial para a vida profissional no futuro. “No próximo ano eles já estarão no ensino médio e por isso, ver de perto todo esse exercício de várias atividades profissionais que existem aqui, é muito importante para o futuro deles. É incrível como os funcionários da NUCLEP possuem um enorme afeto com a empresa e isso atraiu muito a atenção dos alunos. Sou professora há 30 anos e sei que existem muitas dificuldades em dar perspectivas aos estudantes e entendendo isso, considero essa visita muito gratificante, pois sei que irá ampliar ainda mais as tomadas de decisão que eles terão futuramente”, disse.

  • Criada para atender ao setor Nuclear brasileiro NUCLEP se destaca com CTMSP na INAC 2019

    Caminhando sempre em direção às demandas do Governo Federal na ânsia de atender às projeções da nossa matriz energética, e também a contribuir para o sucesso e desenvolvimento do Programa Nuclear da Marinha do Brasil, a NUCLEP participou durante a última semana, junto 
    ao estande do Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP), da 9ª edição da Conferência Internacional Nuclear do Atlântico – INAC, apresentando os projetos realizados e em andamento para o setor Nuclear.
     
    A INAC, realizada a cada dois anos, é o maior e mais importante evento do setor nuclear da América Latina, congregando mais de mil inscrições e três mil participantes de diversas empresas e universidades de todo o país. Promovida pela Associação Brasileira de Energia Nuclear (ABEN), o evento que aconteceu na cidade de Santos, São Paulo,
    discutiu em 2019 o futuro do mercado de geração de energia nuclear no Brasil através do tema “Novos Horizontes do Setor Nuclear: Sustentando nosso Futuro".
     
    A abertura do evento contou com a participação de importantes nomes da indústria nuclear brasileira, como o diretor-geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Alte-de-Esquadra Marcos Sampaio Olsen, o assessor Especial para Gestão Estratégica no Ministério das Minas e Energia, V. Alte Ney Zanella dos Santos, o diretor-presidente da AMAZUL, V. Alte, Antonio Carlos Soares Guerreiro, o diretor-geral do CTMSP, V. Alte Noriaki Wada,  entre outras autoridades.
     
    Nas fotos, a participação dos representantes da NUCLEP no estande, o Técnico em Métodos e Processos, Luiz Carlos Chaves, e o Jovem Aprendiz, Gabriel Gian Lucio de Andrade.

  • NUCLEP e EPL estreitam laços

    Com o propósito de fazer um benchmarking e compartilhar experiências com a NUCLEP, foi que a equipe do diretor de Gestão da bem sucedida EPL – Empresa de Planejamento e Logística, Marcelo Caldas, veio de Brasília nesta quarta-feira (23.10), conhecer o maior Parque de Usinagem da América do Sul. 
     
    Acompanhado dos assessores João Paulo Nogueira e Ana Lilia dos Santos, o diretor foi recebido pelo presidente da NUCLEP, C.Alte (RM-1) Carlos Henrique Silva Seixas, e pelos diretores Administrativo, C. Alte. Oscar Moreira Silva Filho, e Industrial, CMG (EN) Affonso Alves, aos quais apresentou o institucional da EPL, falou dos projetos de concessão para o país que estão em curso e previstos para 2020, além de como funciona a empresa. Subordinada ao Ministério de Infraestrutura, a EPL tem como finalidade estruturar e qualificar o processo de logística no país, interligando rodovias, ferrovias, portos, aeroportos e hidrovias. 
     
    Depois de assistirem à apresentação institucional da NUCLEP, o grupo conheceu o galpão principal da fábrica, de onde saíram impressionados. “É surpreendente a grandeza, capacidade e qualidade da NUCLEP. Não conhecíamos o poder de fabricação e diversidade de atuação da empresa. Saio daqui hoje como um porta-voz da importância que a NUCLEP tem para o país. Tenham certeza que o nosso ministério só tem a ganhar com essa aproximação, e a ótima experiência que tivemos aqui será transmitida”, disse o diretor de Gestão da EPL, Marcelo Caldas.

  • No mercado de Óleo e Gás NUCLEP apresenta proposta mais competitiva em licitação da Petrobrás

    Vivendo um novo momento, a Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A tem surpreendido os mercados de Óleo e Gás, Defesa, Nuclear, Mineração e Energia. A Diretoria Executiva da empresa tem demonstrado força e engajamento comercial em sua atuação célere, apresentando prazos de entrega precisos e preços competitivos.
     
    Após os recentes anúncios pelo presidente da empresa, Contra-Almirante (RM-1) Carlos Henrique Silva Seixas, de que a NUCLEP passou a ser também uma Linha de Produção de Torres de Transmissão de Energia; da assinatura do contrato com a Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A para a construção de parte do protótipo do Reator Nuclear que está sendo desenvolvido pela Marinha do Brasil; da construção de uma Empilhadeira/Recuperadora para o setor de Mineração; hoje, 15/10, foi o dia da empresa celebrar sua liderança ao fim da primeira etapa Comercial do processo de licitação da Petrobrás para a construção de uma Torre Regeneradora de Processo de DEA, em Betim, Minas Gerais.
     
    A divulgação da apresentação de preços divulgada pelo Petronect apontou a NUCLEP como a empresa com a condição mais competitiva para a Petrobras para a fabricação da Torre de Processo REGAP da SBS-5900.
     
    Para o Diretor Comercial, Nicola Neto, esse é apenas o primeiro passo da NUCLEP em seu retorno ao mercado de Óleo e Gás. “Estamos prontos para acompanhar o novo momento que o setor vive no país. A NUCLEP está na cadência do Governo e dos anúncios do ministro de Minas e Energia, Almirante de Esquadra, Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Júnior, que trabalham intensamente para que o Brasil chegue a 2030 como 5º maior produtor de Petróleo e Gás do mundo”, celebrou.
     
    Na foto a Diretoria Executiva da NUCLEP, o maior Parque de Usinagem da América do Sul.
     
     

  • NUCLEP celebra decreto assinado pelo governador Wilson Witzel que reduz a cobrança do ICMS da empresa

    Com uma atuação firme na busca pela recuperação e fortalecimento da NUCLEP como maior Parque de Usinagem da América Latina, o presidente da empresa, Contra-Almirante (RM-1) Carlos Henrique Silva Seixas, celebrou diversos encontros significativos durante 2019 na tentativa de desonerar a carga tributária da empresa. Dessa forma, não apenas esteve em maio no Palácio Guanabara para solicitar, pessoalmente, ao Governador do Estado do Rio, Wilson Witzel, a isenção ou redução do valor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), como em junho, o recebeu no piso fabril da NUCLEP, em Itaguaí, para que o Governador conhecesse melhor o potencial e história da empresa.
     
    Pouco mais de três meses depois, foi assinado na tarde de hoje (15/10) pelo Governador Wilson Witzel, um decreto de lei que servirá como incentivo fiscal para reativar a economia do setor metal mecânico. A medida vai reduzir a cobrança do ICMS das empresas do setor para 3% e assim diminuir o imposto embutido na compra de produtos do segmento, com o objetivo de atrair a atividade industrial para os municípios fluminenses.
     
    Para o presidente da NUCLEP, hoje é um dia que terá importância significativa para que a empresa se torne mais atraente e competitiva ao mercado.
     
    “Hoje, são recolhidos 20% do valor total de qualquer nota fiscal emitida pela empresa, o que encarece o custo final da venda ao cliente, sem dúvida essa redução nos abrirá novas frentes e oportunidades, além de contribuir para que possamos investir no desenvolvimento da região. Quero registrar o meu agradecimento ao Governador Wilson Witzel mas também ao Deputado Federal Áureo Ribeiro e ao itaguaiense e presidente do Instituto de Pesos e Medidas do Estado (IPEM), Alexandre Valle, que intermediaram esse encontro e que estão sempre disponíveis e atuantes na defesa da empresa”, celebrou o C. Alte. Carlos Henrique Silva Seixas.
     
    Nas fotos: O registro do encontro do presidente da NUCLEP, C. Alte (RM-1) Carlos Henrique Silva Seixas, com o Governador Wilson Witzel, o Deputado Federal Áureo Ribeiro e o presidente do IPEM-RJ, Alexandre Valle, no Palácio Guanabara; e a visita do Governador à NUCLEP, em junho.

Páginas