Noticias

  • A caminho da renovação da ASME III

    - Por Olivia Kerhsbaumer

    A Nuclep executou, no dia 05/06, o primeiro corte da chapa de aço do item demonstração para a qualificação da empresa como fabricante habilitado de componentes nucleares, segundo o código ASME III. O processo será realizado por meio da auditoria conduzida pela agência inspetora do ASME – USA e terá início em julho de 2018 ano com finalização em agosto do mesmo ano. A Certificação pelo Código ASME III é primordial para a fabricação de componentes nucleares para geração de energia elétrica em usinas nucleares. “Este é o maior diferencial da NUCLEP perante as demais empresas de caldeiraria pesada no âmbito do mercado nacional”, destacou o gerente geral de Produção, Ademir Antonio Fraga Ribeiro.

  • Nuclep atende à CGU para auditoria de gestão

    - Por Olivia Kerhsbaumer

    A Nuclep recebeu, no dia 13/06, três auditores da Controladoria Geral da União (CGU). A visita foi realizada para coletar mais informações e somar na elaboração do da auditoria de gestão da Nuclep. Na ocasião, os auditores visitaram a fábrica e realizaram reuniões com o setor de Recursos Humanos e com a Gerência Geral de Compras e Serviços. O relatório é um dos itens que compõem a prestação de contas a ser julgada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), conforme previsto na Decisão Normativa nº 163, do TCU, de 6 de dezembro de 2017.

    Segundo o gerente da Auditoria Interna, Celso Patrício, ao fornecer todas as informações necessárias, a Nuclep demonstra compromisso com a lei e reforça a transparência de sua gestão. Após sua finalização, o relatório ficará disponível para o público e pode ser consultado através da Pesquisa de Relatórios do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU). O site tem o objetivo de aumentar a transparência e reunir em um único espaço todos os trabalhos da CGU, como relatórios de fiscalização em estados e municípios, auditorias anuais de contas, avaliações de programas, entre outros.

     

  • ETAM visita as instalações da Nuclep

    - Por Olivia Kerhsbaumer 

    Alunos e instrutores da Escola Técnica do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro – ETAM visitaram, na quarta-feira (13/06), as instalações da fábrica da Nuclep, em Itaguaí. A visitação foi motivada pelo interesse em conhecer e adquirir a experiência da capacidade técnica da Nuclep em diversos setores.

    O grupo foi recepcionado pelo gerente geral de Inovação e Formação Técnica, Carlos Alberto Guimarães Amarante, que os direcionou para os profissionais da Nuclep atuantes nas áreas de conhecimento dos visitantes. Nessa oportunidade eles conheceram o Centro de Treinamento Técnico, as instalações e os equipamentos do setor de Soldagem e os sistemas de eletricidade da empresa.

    “Nós viemos buscar o Know-how para somar aos cursos da nossa escola. Sabemos que a Nuclep tem capacitação técnica e é reconhecida em sua área de atuação”, comentou o coordenador da visita, Capitão de Mar e Guerra (RM1-T), Wilson Gonzaga Palmeira.

    A ETAM oferece cursos de qualificação e reciclagem para empresas nas áreas de soldagem, mecânica, estruturas, motores, hidráulica e eletro-eletrônica navais.

  • Nuclep marca presença em evento do Sebrae em Angra

    A Nuclep participou, no dia 07/06 (quinta-feira), do Seminário Petróleo & Gás e seu Mercado Fornecedor, no Hotel Promenade, em Angra dos Reis. O evento organizado pelo Sebrae tem o objetivo de promover negócios para as pequenas empresas fornecedoras de bens de serviços da região. O gerente de Orçamentação, Paulo Cesar Pereira, esteve presente na ocasião e apresentou a Nuclep para os diversos fornecedores da Costa Verde durante o painel “Desafios e Oportunidades entre Empresas Âncoras e MPE’s”.

    “O evento é uma oportunidade oferecida pelo Sebrae para minimizar dúvidas em relação ao cadastramento desses empreendedores e é importante para aproximar os fornecedores e as empresas locais”, explicou.

    No total, 63 empresas participaram do Seminário. Além da Nuclep, a Transpetro também esteve presente no evento.

  • Nuclep busca parcerias na área naval

    A Nuclep recebeu representantes das empresas EBSE, LOGITEC e da russa ROSTEC nesta quarta-feira (16/05). A visita teve como objeto a busca de negócios na área naval, como a construção das Corvetas para a Marinha do Brasil.

  • Nuclep avança nível de certificação por cumprir a Nova Lei das Estatais

    - por Caíque Pereira

    Nesta sexta-feira (11/05), a Nuclep alcançou o Nível 2 no índice de governança da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST). A certificação foi recebida pelo presidente Carlos Henrique Silva Seixas, em Brasília, com o intuito de atingir o Nível 1 até 30 de junho de 2018, atendendo 100% da lei ou um percentual muito próximo.

    O título incentiva o ajuste integral da Lei 13.303/2016 por parte das instituições, norma conhecida como a “Nova Lei das Estatais”. Órgão presente no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, a SEST examinou itens de auditoria, controle e gestão; conselhos, comitês e diretoria e a transparência dos dados.

  • Ximenes assume interinamente a Diretoria Industrial da Nuclep

    A diretoria Industrial da Nuclep está sob o comando interino de Márcio Ximenes Virginio da Silva desde a quarta-feira (18/04), quando ocorreu a cerimônia de transmissão do cargo pelo ex-diretor Rogério Corrêa Borges em solenidade realizada no galpão principal da fábrica, em Itaguaí.

    Borges se despede elogiando a alta qualificação técnica da mão de obra da Nuclep e recebe como lembrança dos trabalhadores miniaturas que simbolizam os componentes nucleares para submarinos entregues e em andamento contratados durante sua gestão. Ximenes, na presença da Diretoria Executiva e dos funcionários da Nuclep, demonstrou energia em seu discurso para a nova fase e destaca a atuação da empresa como referência no Brasil para fabricação de componentes pesados.

    “Gostaria de agradecer ao comandante Borges por todo o trabalhado que ele fez aqui na Nuclep. Tenho certeza que foi produtivo e que todos têm na figura do comandante Borges uma pessoa que está sempre pronta para atender.  Eu tenho toda a confiança no comandante Ximenes para que ele dê continuidade ao trabalho do comandante Borges. ” declarou o presidente da Nuclep, Carlos Henrique Silva Seixas.

    Rogério Borges, que é militar, deixa o cargo para retornar à Marinha do Brasil em uma nova missão, relacionada à entrega no final do ano pela ICN do submarino SBR 1, o primeiro produzido pelo Prosub – Programa de Desenvolvimento de Submarinos da Marinha do Brasil, que faz parte do acordo de transferência de tecnologia entre Brasil e França e que prevê a construção de quatro submarinos convencionais e um de propulsão nuclear.

  • Comitiva da Nuclep palestra na 3ª Cúpula Anual sobre a Indústria Nuclear na América Latina

    O  presidente da Nuclep, Carlos Henrique Silva Seixas, retornou a Argentina esta semana, acompanhado do diretor Comercial da Nuclep, José Mauro Esteves dos Santos, e do gerente Geral de Negócios e Inteligência, Ricardo Antunes Correa, para participar da 3ª Cúpula Anual sobre a Indústria Nuclear na América Latina (NISLA), evento que reúne, anualmente, as maiores indústrias nucleares do mundo e repercute o que há de novo em termos de construções nucleares e projetos, além de discutir a estrutura regulatória no setor para a América Latina.

     José Mauro palestrou no evento nesta terça-feira, dia 20, e ressaltou a importância da Nuclep no Programa Nuclear Brasileiro e os avanços do programa Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) da Marinha do Brasil.

    Além da participação da NISLA,  haverá ainda a visita ao IMPSA Argentina e CNEA em busca de novas parcerias para a Nuclep.

    A viagem será encerrada com a volta do presidente Seixas a INVAP, onde esteve há quinze dias, para a entrega do memorando de entendimentos, que estabelecerá uma parceria com a empresa argentina para a construção do nosso Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), além de outros projetos similares.

    A INVAP atua em diversos países como Argélia, Austrália, Egito e Holanda, e o objetivo é que a Nuclep possa contribuir com a empresa em outros projetos na área nuclear.

  • Veleiro leva o nome da Nuclep

    A Nuclep, desde agosto de 2017, patrocina o veleiro competitivo Jack Spot Sailing Team. O barco, da Classe Oceano e Categoria IRC, participa dos principais eventos de regata no país com equipe vencedora em várias competições.

    A contrapartida do patrocínio foi a aquisição das velas grande e genoa com o compromisso da equipe de manter a logomarca da Nuclep estampadas no casco e velas da embarcação nas competições do Iate Clube do Rio de Janeiro, Federação de Vela do Rio de Janeiro, Associação Brasileira de Veleiros de Oceano, bem como na Búzios Sailing Week e em campeonatos e circuitos brasileiros, entre outros.

    Para o presidente da Nuclep, Carlos Henrique Silva Seixas este tipo de apoio fortalece e divulga a imagem da empresa como apoiadora de atividades esportivas vinculadas à atividade náutica. A embarcação Jack Spot se destacou com o patrocínio da Nuclep em várias competições neste período, como na 72ª regata da Escola Naval, em outubro de 2017, e no Circuito Anual de 2017, promovido pelo Iate Clube do Rio de Jaeneiro, onde em ambas ficou em primeiro lugar na sua categoria.

  • Parceria com UFRRJ irá orientar empresas de Itaguaí em projetos sociais

    A Nuclep foi anfitriã de encontro (sexta-feira, dia 16) com representantes das empresas CSN - Companhia Siderúrgica Nacional, Sepetiba Tecon, ICN – Itaguaí Construções Navais, Vale S.A e Porto Sudeste com a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). A reunião, que foi promovida pelo deputado federal Alexandre Valle (PR), abordou as parcerias em potencial que a entidade de ensino pode promover com as grandes empresas de Itaguaí com foco em benefícios às comunidades da região, entre Itaguaí, Seropédica e arredores.

    O presidente da Nuclep, Carlos Henrique Silva Seixas, recepcionou os visitantes e elogiou suas atividades sociais, e os técnicos de Meio Ambiente da empresa, Rayane Medeiros e Thiago Soares, apresentaram uma área para possível plantio de hortaliças orgânicas que a UFRRJ pretende implementar para apoio ao agricultor familiar. Os visitantes parabenizaram a iniciativa do evento e se entusiasmaram com as potenciais cooperações entre todos os presentes. O deputado Alexandre Valle destacou que as empresas presentes poderiam incrementar ações institucionais para diminuir os problemas sociais da região, marcado pelo desemprego e consequente aumento da violência.

    O reitor da UFRRJ, Ricardo Berbara, irá apresentar escopo do projeto que pretende desenvolver na parceria com as empresas em encontro marcado no campus da universidade em duas semanas.

Páginas