Reuniões entre países membros da AIEA marcam o segundo dia da 63° Conferência Geral em Viena

Em Viena, como membro da comitiva do Brasil na 63ª Conferência Geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), o presidente da Nuclebrás Equipamentos Pesados S. A, Contra Almirante Carlos Henrique Silva Seixas, dedicou o segundo dia (17.9) do evento à encontros com a delegação de outros países.
 
As reuniões, organizadas pela equipe do Itamaraty do Embaixador do Brasil na AIEA, Marcel Biato, acontecem em uma sala reservada à comitiva brasileira, e são sempre lideradas pelo ministro de Minas e Energia, Almirante de Esquadra Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior.  Assim como em 2018, a finalidade dos encontros é a interação entre as delegações dos países membros da Agência, para que possam não apenas trocar experiências mas promover ações entre governos e empresas do setor Nuclear.
 
Destacam-se entre as reuniões mais importantes do dia, a com os representantes da Electricité de France (EDF). A empresa em 2018 firmou um memorando de entendimento com a Eletronuclear de cooperação na área nuclear do Brasil, para a retomada e conclusão da obras da Usina de Angra 3 e, também, no desenvolvimento de novas usinas nucleares no país.
 
Na sequência, a delegação brasileira reuniu-se com o vice-ministro de Minas e Energia do Paraguai, Ing. Carlos Zaldivar, e o Embaixador do pais na AIEA, Dr. Juan Francisco Facetti, onde foi discutida a cooperação entre os países nos setores de medicina nuclear, mineração de urânio e segurança de materiais radiativos.
 
Liderada pelo ministério de Minas e Energia, a Comitiva do Brasil é formada pelas empresas, instituições e autarquias nucleares mais importantes no país – Marinha do Brasil; Nuclebras Equipamentos Pesados S.A (NUCLEP); Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A.; Indústrias Nucleares do Brasil (INB); Eletronuclear; e Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN).
 
A Conferência Geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) é uma instituição vinculada à ONU, com o objetivo de garantir a segurança do uso de energia atômica no mundo.
 
Em sua 63ª edição - que se encerra no próximo domingo, dia 21/9 - é considerada o mais importante encontro internacional do setor nuclear.
 
Nas fotos, o presidente da NUCLEP, C. Alte Seixas, com os seus diretores Industrial, Comte. Affonso Alves, e Comercial, Nicola Mirto Neto; e nas reuniões com a EDF e a Delegação do Paraguai.