Engenharia da NUCLEP ganha duas bolsas de estudo no Programa de Mestrado Profissional do CBPF

O corpo de engenheiros da Nuclebrás Equipamento Pesados S.A foi agraciado na última semana, com duas bolsas de estudo no Programa de Mestrado Profissional do Centro Brasileiro de Pesquisa Física (CBPF), como resultado da visita do seu Diretor e Pesquisador em Física, Dr. Ronald Shellard, às instalações da Nuclep.

O Diretor da CBPF, acompanhado do Tecnologista Dr. Rodrigo Félix e dos técnicos em Mecânica, Igor, Thiago e Ronaldo, foi recebido pelo Diretor Industrial da Nuclep, Comte. Affonso Alves, que além de apresentá-los ao chão de fábrica e ao CTT, em reunião, deu início às tratativas para futuras parcerias.

“O desenvolvimento está enraizado na história da Nuclep, aqui temos um Centro de Treinamento que desde 1979 capacita e requalifica colaboradores para aprimoramento das competências produtivas da empresa. Oferecemos assim a infraestrutura para que o profissional enriqueça seu repertório técnico, da mesma forma que o CBPF serve de suporte para grupos de pesquisa no Brasil e no exterior”, destacou o diretor Affonso.

Durante a visita ao parque fabril, os convidados se impressionaram com o poder de produção industrial e qualidade de seus equipamentos. Posteriormente, foram recebidos pelo técnico Industrial Manoel Neto, no Centro de Treinamento Técnico, para uma breve apresentação à premiada “escola de fábrica” da Nuclep.

O Programa de Mestrado da qual participarão dois engenheiros da Nuclep é um polo formador de engenheiros e técnicos altamente capacitados, com foco em Instrumentação Científica, e tem como objetivo preparar profissionais que apoiarão atividades desenvolvidas em grandes laboratórios e centros de pesquisa, projetando equipamentos inovadores ou modificações em infraestruturas já existentes. A iniciativa possui resultados relevantes em sua história, como o registro de patentes e produção de dissertações.

Fundado em 1949, no Rio de Janeiro, o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, hoje vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, atua como instituto nacional de física e polo de investigação, treinamento e aperfeiçoamento de pessoal científico. Além da excelência internacional na área de pesquisa e pós-graduação em Física, a entidade realiza estudos e experimentos em campos como altas energias, astropartículas, nanotecnologia, ciência dos materiais e magnetismo.