Capacidade e grandeza das instalações fabris da Nuclep impressiona Amazul

A Nuclep recebeu nesta terça-feira (26.3), a visita do futuro presidente da Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A, o  Vice-Almirante, Antônio Carlos Guerreiro, e do Contra-Almirante, Rodolfo Dibo, que também fará parte do novo quadro da Amazul.

Acompanhados do presidente da Nuclep e Contra-Almirante, Carlos Henrique Seixas, e do diretor Industrial, Comte. Affonso Alves, as autoridades, que, visitaram a fábrica e foram apresentados às obras em andamento, impressionados, teceram elogios à qualidade, grandeza e capacidade de construção que a Nuclep oferece como uma das maiores caldeiradas do mundo.

O presidente Seixas disse estar contente com o fato de que os novos colaboradores da AMAZUL estão atrelados à Marinha do Brasil. Segundo ele, relações estreitas podem favorecer o trabalho em conjunto numa possível futura parceria.

Recentemente, o Contra-Almirante prestigiou, ao lado de autoridades da Marinha e do Setor Nuclear Brasileiro, a inauguração da nova sede da Amazul, em São Paulo. A Amazônia Azul e Tecnologias de Defesa S.A. foi constituída em 2013 para promover, desenvolver, transferir e manter tecnologias sensíveis às atividades dos programas nucleares e de desenvolvimento de submarinos.