Noticias

  • NUCLEP retorna da feira Brasil Offshore com perspectivas de negócios

    No período de 20 a 23 de junho, a NUCLEP teve participação ativa em uma das feiras mais importantes do setor de Petróleo e Gás: a Brasil Offshore. O evento aconteceu na cidade de Macaé (RJ) e contou com a presença de 550 empresas. A proposta de participação da NUCLEP como expositora, foi reforçar a sua posição no mercado offshore.

    A feira ofereceu ambiente direcionado aos profissionais do setor na descoberta de novas tecnologias e soluções em produtos e serviços especializados. O espaço foi de intensa troca e formação de parcerias para geração de negócios.

    Segundo o Gerente de Orçamentação, Paulo César Pereira, a ocasião foi importante para o relacionamento da NUCLEP com outras empresas. “Nessa oportunidade, pudemos estreitar possibilidades de negócios com empresas como a Drill Quip, Superpesa e outras da região de Sertãozinho, interior de SP.  Uma aproximação relevante também aconteceu com a empresa HUISMAN, fabricante de equipamentos de movimentação de carga, que convidou a NUCLEP para realizar parte da produção de seu equipamento”, ressaltou.

    Para o engenheiro do setor de Inteligência Competitiva, Gustavo Pereira, a NUCLEP possui uma posição logística privilegiada no mercado, o que impulsiona os negócios também com empresas estrangeiras no Brasil. “Vejo a participação da NUCLEP na Brasil Offshore como uma oportunidade na área de fornecimento de serviços de usinagem e logística na cadeia produtiva dessas empresas”, destacou.

    A participação da NUCLEP ganhou visibilidade em veículos como o G1 e o telejornal local Inter TV, da Rede Globo. Acesse clicando aqui.

  • NUCLEP estará presente na feira Brasil Offshore 2017

    A NUCLEP participará, mais uma vez, do maior encontro industrial de Petróleo e Gás no Brasil, nesse primeiro semestre. A feira Brasil Offshore acontecerá na cidade de Macaé (RJ), durante os dias 20 a 23 de junho de 2017, e receberá cerca de 50.000 visitantes durante o período. A Brasil Offshore oferecerá um ambiente basicamente técnico com profissionais de setores como automação e instrumentação industrial, companhias de petróleo, manutenção industrial, fabricação de equipamentos e ferramentas, entre outros. A NUCLEP será uma das 550 importantes marcas, de diversos setores, que farão exposição no evento.
    A ocasião visa a interação dos que buscam novas tecnologias e soluções em produtos e serviços especializados, dentro de uma atmosfera de intenso networking para formação de parcerias e geração de negócios.

  • NUCLEP entrega nova Seção e Conjunto do Submarino Tonelero

    A NUCLEP entregou, na manhã desta terça-feira (30/05), a Seção S1 e o Conjunto TR3 + TR4 do S-BR3 – Submarino Tonelero, fabricados em parceria com a Itaguaí Construções Navais (ICN).

    A cerimônia aconteceu no Galpão Principal, com a presença do presidente interino e diretor Administrativo, Carlos Henrique Seixas, o diretor Industrial, Rogério Borges, o diretor Comercial, Ricardo Corrêa, e colaboradores da empresa.

    O diretor Industrial da ICN, Carlos Adolpho Friedheim, também compareceu ao evento, juntamente com o gerente do Empreendimento Modular de Obtenção dos Submarinos Convencionais do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), Capitão de Mar-e-Gerra (EN) Celso Mizutani Koga.

    A parceria com a ICN se propõe a fornecer seções de cascos resistentes para quatro submarinos convencionais e já entregou todas as Seções do SBR-1 e SBR-2, nos anos de 2015 e 2016, respectivamente.

    A previsão é que todas as Seções do SBR-3 sejam entregues até agosto deste ano e as do SBR-4 até agosto de 2018.

    Essas etapas habilitam as empresas para a construção do primeiro Submarino de Propulsão Nuclear construído no Brasil, cujo inicio está previsto no ano de 2018.

     

  • NUCLEP soma à consciência ambiental na XVIII Regata Ecológica da Escola Naval

    A NUCLEP esteve presente, na última sexta-feira (26/05), na XVIII Regata Ecológica da Escola Naval, realizada na Baía de Guanabara. Na ocasião, compareceram a gerente de Meio Ambiente, Viviane Montebello, a técnica de Meio Ambiente, Cintia Santos e o estagiário do setor, Rodolfo Santos. Através de jogos interativos e da exposição de banners, os representantes da empresa apresentaram o desenvolvimento e os índices da Coleta Seletiva Solidária.

    O programa, implantando na NUCLEP em 2008, atende ao Decreto Federal nº 5.940/2006, que institui a separação dos resíduos recicláveis descartados, pelo gerador e a sua destinação às associações e cooperativas dos catadores de materiais recicláveis. O objetivo é promover a inclusão socioeconômica das organizações dos catadores de materiais recicláveis, além de aumentar a taxa de reaproveitamento e minimizar os impactos ambientais.

    Planejada e realizada anualmente pelo Grêmio de Vela da Escola Naval (GVEN), a Regata é um evento de características singulares, centrada numa competição do tipo gincana, em que equipes mistas, formadas por Aspirantes, universitários e jovens de Projetos Sociais, competem buscando retirar a maior quantidade de lixo da Baía de Guanabara, em uma tarde.

    Por meio da apresentação dessas ações, a NUCLEP pôde contribuir para o objetivo da Regata Ecológica, que é desenvolver a consciência ecológica dos futuros Oficiais de Marinha.

  • NUCLEP participa de encontro sobre programa Diversifica Sertãozinho

    O diretor comercial interino Ricardo Corrêa, esteve presente, juntamente com o gerente geral de Compras e Serviços, Jesus Coutinho e o gerente de Orçamentação, Paulo Cesar Pereira, no lançamento do programa Diversifica Sertãozinho, no município de Sertãozinho, interior de São Paulo. A comitiva da NUCLEP foi convidada para o evento com a finalidade de apresentar a empresa para possíveis parceiros e fornecedores.

    O programa está sob coordenação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, em parceria com a Faetec Sertãozinho, o Centro Nacional de Industrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (CEISE Br) e o Centro de Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP).

    O projeto é uma decorrência do I Fórum de Desenvolvimento Econômico de Sertãozinho, realizado em março desse ano. De acordo com o secretário Paulo Gallo, a diversificação foi uma das necessidades apontadas para manter um patamar aceitável de ocupação do parque industrial ao longo do ano.

    Para o presidente do CEISE Br, Aparecido Luiz, a consideração da NUCLEP sobre o polo industrial de Sertãozinho, determina a chegada de uma nova e promissora jornada de oportunidades e negócios. Importante ressaltar que a empresa já qualificou e preparou seus fornecedores para os nichos do mercado no qual ela é atuante. 

  • NUCLEP participa da reunião sobre projeto RMB em São Paulo

    O diretor comercial interino, Ricardo Corrêa, esteve, nesta quarta-feira (17/05), na reunião de início do projeto do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), que será construído em Iperó, município do interior paulista, junto ao Centro Experimental de ARAMAR da Marinha do Brasil, onde é desenvolvido o protótipo do submarino nuclear brasileiro.

    O RMB é um reator de pesquisa com diversas finalidades: produção de radioisótopos para uso na medicina e na indústria; teste de materiais e combustíveis nucleares para reatores de potência; utilização de feixe de nêutrons para pesquisa científica e tecnológica em diferentes campos da ciência; análise por ativação neutrônica; produção de traçadores para aplicação em pesquisas na agricultura e meio ambiente; formação na área nuclear; e treinamento de pessoal para operação e manutenção de reatores de potência, além de ter toda infraestrutura de laboratórios para realização dos propósitos.

    O empreendimento, que prevê investimentos da ordem de 500 milhões de dólares, será dinamizador para o desenvolvimento de um grande centro de análise nacional para aplicação de radiações em benefício da sociedade. Na saúde, por exemplo, os radioisótopos são base para os radiofármacos, usados para diagnóstico e tratamento de doenças, principalmente, diferentes tipos de câncer.  

    A NUCLEP está qualificada para o fornecimento do RMB que será fabricado conforme o Código ASME III.

    O projeto RMB é um empreendimento do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e está a cargo da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), em parceria com a Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. (AMAZUL) e acordo de cooperação com a Comisión Nacional de Energia Atómica (CNEA) da Argentina.

  • NUCLEP vence concorrência e firma novo contrato com CTMSP

    O presidente interino, Carlos Henrique Silva Seixas e o diretor comercial Ricardo Corrêa, assinaram, nesta segunda-feira (15/05), o contrato referente à Concorrência Nº 4/2017, do Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP). Outras quatro empresas concorreram ao processo licitatório, dentre elas, uma do exterior.

    A contratação compreende o fornecimento de equipamentos do Sistema de Resfriamento de Emergência, composto por dois tanques de inundação, dois trocadores de calor e dois acumuladores, que serão instalados no Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica (LABGENE), para ensaio das condições de operações possíveis para propulsão nuclear de submarinos.

    Esse é mais um importante marco na história da NUCLEP que tem participado de importantes projetos para a Marinha do Brasil e para o Programa Nuclear da Marinha (PNM), além de outras obras estratégicas para a nação. O prazo para a execução é de 690 dias corridos.  

     

  • NUCLEP marca presença na maior feira offshore do mundo

    A NUCLEP participa, nos dias 01 a 04 de maio, da Conferência de Tecnologia Offshore (OTC), em Houston, Texas (EUA), o maior evento do mundo para a indústria de petróleo e gás. A OTC conta com mais de 2300 expositores e participantes de 100 países, reunidos para discutir ideias, conhecimentos científico e técnico, questões ambientais e novos negócios. Estão presentes o presidente interino e diretor Administrativo, Carlos Henrique Seixas, o diretor Comercial, Ricardo Correa e o assessor da Diretoria Industrial, Marcio Ximenes. A conferência também contou com a presença do Ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho. Estima-se que 100 mil pessoas comparecerão à feira.

  • NUCLEP qualifica engenheiros com certificado internacional

    Os engenheiros Frederico Ribeiro, Frederico Vigorito, Márcio César e Pedro Ivo, receberam, em dezembro de 2016, o certificado de Engenheiro de Soldagem Internacional. O grupo passou por um rigoroso treinamento durante três meses, através de diversas etapas de fabricação por soldagem e avaliações escrita e oral. A qualificação foi apoiada pela NUCLEP e concedida pelo International Institute of Welding (IIW), presente em 59 países e representado no Brasil pela Associação Brasileira de Soldagem (ABS).

  • NUCLEP vence Concorrência Nº 4/2017 do CTMSP

    A NUCLEP obteve êxito na Concorrência Nº 4/2017, divulgada pelo Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo (CTMSP), no dia 28 de abril de 2017 (sexta-feira). O Resultado de Julgamento foi publicado no Diário Oficial da União nesta terça-feira (02/05/2017). O contrato, que será assinado nos próximos dias, contempla o fornecimento de equipamentos do sistema de resfriamento de emergência, que será instalado no Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica (LABGENE), um composto com 02 Tanques de Inundação, 02 Trocadores de Calor e 02 Acumuladores.

Páginas