Noticias

  • NUCLEP entrega Seção 2B do futuro Submarino Tonelero

    A NUCLEP realizou, nessa terça-feira (25/07), a cerimônia de transferência da Seção 2B do SBR-3, Submarino Tonelero. A Seção foi entregue à Itaguaí Construções Navais (ICN), na presença da Diretoria Executiva da NUCLEP e dos representantes da Diretoria Executiva da ICN. O evento, realizado no Galpão Principal da fábrica, também contou com a presença do gerente do Empreendimento Modular de Obtenção dos Submarinos Convencionais do Programa de Desenvolvimento de Submarinos com Propulsão Nuclear (PROSUB), Capitão de Mar-e-Guerra (EN) Celso Mizutani Koga.

    A primeira chapa do Submarino Tonelero foi cortada em 13 de janeiro de 2015. A Seção 2B é composta pelas TR 8B, 9A, 9B e 10, pesa aproximadamente 71 toneladas e mede 11 metros de comprimento. A Seção 2B é a penúltima a ser entregue do SBR-3. O presidente interino, Seixas, parabenizou os trabalhadores envolvidos pelo comprometimento e ressaltou a responsabilidade da NUCLEP diante dos prazos estabelecidos.

    A previsão de conclusão das obras de fabricação do casco resistente do SBR-3 é setembro de 2017. O trabalho totaliza um tempo de 2 anos e 7 meses e demonstra o alto grau de maturidade da NUCLEP e da ICN no domínio das técnicas de construção adquiridas na transferência de tecnologia envolvida no PROSUB. O SBR-3 será o futuro Submarino Tonelero e é o terceiro de quatro submarinos de propulsão convencional em construção no contexto do PROSUB.

  • NUCLEP agrega ao conhecimento nuclear na 69ª SBPC

    A NUCLEP esteve presente, durante o período de 16 a 22 de julho, na 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O evento, que ocorre anualmente em diferentes estados brasileiros e, esse ano, foi realizado em Minas Gerais. O campus Pampulha da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), recebeu aproximadamente, 15 mil participantes, entre estudantes do ensino básico, graduação e pós-graduação e moradores da comunidade local.

    Na ocasião, estiveram presentes o presidente interino, Carlos Henrique Seixas e o diretor comercial em exercício, Ricardo Corrêa. Na abertura dos estandes, a NUCLEP recebeu o secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação (MCTIC), Elton Santa Fé Zacarias e o presidente da CNEN, Paulo Roberto Pertusi.

    Como expositora, a NUCLEP estabeleceu a troca de conhecimento, com os visitantes da SBPC, a respeito da geração de energia nuclear. Ao lado dos estandes da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e da Indústrias Nucleares do Brasil (INB), a empresa desenvolveu uma linha de raciocínio sobre enriquecimento de urânio, geração de energia nuclear e processo de fabricação de componentes nucleares. Desse modo, apresentou sua capacidade de projetar, desenvolver, fabricar e comercializar equipamentos pesados, através das maquetes de dois componentes importantes: uma do VPR (vaso de pressão do reator) e outra do GV (gerador de vapor), o que causou grande interesse do público em todos os dias do evento.

    “Vejo a participação da NUCLEP como uma oportunidade única de divulgar, para a população em geral, a importância estratégica da companhia. É incrível perceber que muitos brasileiros não conhecem nossa empresa e se impressionam com nossa capacidade de produção. Poder explicar sobre os diversos setores em que estamos inseridos, quem são nossos principais clientes e quais são nossos projetos em desenvolvimento, nos coloca em uma posição de destaque perante a sociedade, o que torna nossa participação muito gratificante. ”, destacou a engenheira de Orçamentação da NUCLEP, Renata Barbeiro.

    Com o tema, “Inovação, Diversidade, Transformações”, a SBPC 2017 reuniu cientistas, professores e profissionais liberais, além de autoridades e gestores que são formuladores de políticas públicas para ciência e tecnologia no país. A Reunião Anual da SBPC é um importante encontro para a propagação dos avanços da ciência nas diversas áreas do conhecimento e na difusão de debates de políticas públicas para a ciência e tecnologia.

  • Presidente da NUCLEP prestigia 103 anos da Força de Submarinos

    O presidente interino Carlos Henrique Seixas, compareceu, neste sábado (22/07), ao evento de celebração dos 103 anos de criação da Força de Submarinos (ForS) da Marinha. Na ocasião, também estiveram presentes o Almirante de Esquadra, Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior e o ex-presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), Renato Cotta.

    O aniversário da Força de Submarinos foi no dia 17 de julho. A data comemora a criação da Flotilha de Submersíveis pelo então Capitão-de-Fragata Filinto Perry, em 1914. Os três primeiros submarinos incorporados a Força brasileira eram da classe “Foca” produzidos por estaleiros italianos sediados em La Spezia.

    Ao final dos anos 1970, a Força de Submarinos já possuía dez submarinos em operação, provenientes de duas classes diferentes, ‘Guppy’ e ‘Oberon’. O Brasil já tinha tecnologia e conhecimento para realizar reparos e manutenção nesses submarinos. Com o Tupi e o Tamoio, a Marinha entrou em um novo patamar de desenvolvimento tecnológico.

  • NUCLEP está presente em 69ª Reunião Anual da SBPC

    No período de 16 a 22 de julho de 2017, acontece a 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), no campus Pampulha da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em Belo Horizonte. A NUCLEP compareceu ontem (16/07), à abertura da Reunião e iniciou sua participação como expositora nesta segunda-feira (17/04).

    No primeiro dia de evento, o estande da NUCLEP recebeu o secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação (MCTIC), Elton Santa Fé Zacarias e o presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), Paulo Roberto Pertusi.

    Realizada desde 1948, com a participação de representantes de sociedades científicas, autoridades e gestores do sistema nacional de ciência e tecnologia, a Reunião Anual da SBPC é um importante fórum para a difusão dos avanços da ciência nas diversas áreas do conhecimento e um fórum de debates de políticas públicas para a ciência e tecnologia.

  • NUCLEP é certificada no Catálogo Navipeças da ONIP

    A NUCLEP recebeu, na última sexta-feira (14/07), o diploma de renovação do cadastramento no Catálogo Navipeças, da Organização Nacional da Indústria de Petróleo (ONIP). O catálogo tem por objetivo disponibilizar informações sobre as empresas instaladas no Brasil, qualificadas para o fornecimento de bens e serviços ao setor de petróleo e gás.
    Cadastrada no Catálogo como “Fornecedora Qualificada da Indústria Naval e Offshore”, a NUCLEP poderá participar de diversos programas da ONIP relacionados à promoção de empresas instaladas no país. O reconhecimento proporciona para a NUCLEP um diferencial competitivo no setor.

  • NUCLEP marca presença no SIEN 2017

    A NUCLEP participou do VIII Seminário Internacional de Energia Nuclear (SIEN) nos dias 12 e 13 de julho, no Centro de Convenções Bolsa do Rio, no Centro da cidade. O evento reuniu especialistas do setor, que discutiram perspectivas da área nuclear e a retomada da usina Angra III.

    O presidente interino, Carlos Henrique Seixas, esteve na mesa de abertura, juntamente com o presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), Paulo Roberto Pertusi, o presidente da Eletronuclear, Bruno Campos Barreto e o presidente das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), João Carlos Derzi Tupinambá.

    Além disso, o diretor Industrial, Rogério Corrêa Borges, apresentou a NUCLEP como indústria de base e falou sobre sua importância no setor nuclear e seus principais projetos em desenvolvimento.

    Nessa edição do SIEN, 30 colaboradores das Diretorias Administrativa, Comercial e Industrial marcaram presença de forma efetiva. “É uma atualização na área”, declarou o engenheiro da Garantia da Qualidade, Bruno Cesar de Morais. “Uma oportunidade que nós, profissionais, temos de aproveitar as palestras e fazer uma reciclagem.”

    Segundo o gerente de vendas, André Abrantes, o evento mostrou que medidas importantes estão sendo tomadas para retomada do setor Nuclear. A criação do Comitê de Desenvolvimento do Programa Nuclear Brasileiro, mostra que o governo está preocupado com as atividades do setor, e os esforços dos agentes envolvidos na busca de alternativas para retomada das obras de Angra 3, evidencia a preocupação com a conclusão de Usina, que é o passo fundamental para se pensar em futuras Usinas no Brasil,. Ainda segundo o gerente, a questão nuclear é irreversível. O Brasil tem se utilizado das termelétricas a carvão, mas estas não são a melhor opção, pelo seu elevado custo e pela emissão de gases poluentes. A nuclear pode garantir o suprimento de energia firme e limpa, acrescenta.

    Dessa forma, o encontro também reuniu agências internacionais, associações técnicas, autoridades do governo, institutos de pesquisa, técnicos e gestores da cadeia industrial do setor, universidades e profissionais, inclusive de outros seguimentos. O SIEN promoveu painéis e palestras sobre a Política Nuclear no país, os desafios para o desenvolvimento da área, novas tecnologias e outras abordagens ligadas ao tema. O Seminário foi finalizado no dia 14 com uma visita às instalações da INB.

  • Apresentação reúne facilitadores de QSMS

    A Gerência Geral de Sistemas de Gestão de QSMS - CQ realizou, na última segunda-feira (10/07), o 1º encontro para apresentação do projeto de certificação, do sistema de gestão ambiental da empresa, aos facilitadores de QSMS. Os facilitadores serão fundamentais para o sucesso da implantação da Norma ISO 14001 na companhia.

    O objetivo do encontro foi expor o projeto, o escopo da certificação, as macroentregas, os fatores de sucesso, o plano de comunicação e, principalmente, as atribuições dos facilitadores de QSMS.

    Nesse sentido, os facilitadores irão identificar e avaliar os aspectos e impactos ambientais, bem como riscos e perigos nas atividades da sua Unidade Organizacional (UO), abrir e tratar pedidos de ação corretiva decorrentes de não conformidades e desvios, manter os registros da UO referentes ao sistema de gestão e subsidiar continuamente o titular da UO em que atua quanto aos avanços, dificuldades e riscos na execução das atividades do cronograma.

    A Diretoria Executiva esteve presente representada pelo diretor Comercial interino, Ricardo Corrêa, que ressaltou a relevância do trabalho dos facilitadores e o apoio do colegiado ao projeto.

  • NUCLEP participará de oitava edição do SIEN

    Nos dias 12 e 13 de julho, a NUCLEP estará presente no VIII Seminário Internacional de Energia Nuclear (SIEN). O evento será realizado no Centro de Convenções Bolsa Rio, no Centro, e reunirá empresas brasileiras e internacionais, autoridades do governo, agências internacionais, técnicos e gestores da cadeia industrial do setor, universidades, institutos de pesquisa, associações técnicas, profissionais e empresarias, além de outros seguimentos.

    O SIEN terá em sua programação painéis e palestras sobre a Política Nuclear no Brasil, os desafios para o desenvolvimento do setor, novas tecnológicas e outras abordagens envolvendo a temática.

    Confira a programação aqui.

  • NUCLEP finaliza visitas de junho com SENAC-Rio

    O mês de junho foi repleto de visitas técnicas ao parque industrial da NUCLEP, em Itaguaí. Em busca de novos conhecimentos, alunos e instrutores compareceram às instalações da fábrica e puderam conhecer os equipamentos e projetos desenvolvidos pela empresa. A técnica industrial, Ana Maria Ferreira, guiou os visitantes e apresentou o trabalho buscando responder dúvidas que surgiam no percurso.

    “É uma honra poder acompanhar visitas técnicas escolares anuais, onde posso falar e principalmente, mostrar nossa capacidade técnica de maquinário e da força de trabalho que desenvolvem projetos de alta complexidade para geração de energia, na área de defesa e no setor offshore. As turmas têm a oportunidade de ver na prática as principais etapas e processo de produção industrial da NUCLEP e, principalmente, a seriedade necessária para realizar as tarefas diárias de modo a evitar erros na fabricação e acidentes durante a jornada de trabalho”, destacou.

    Os visitantes vieram de institutos de educação conceituados como CEFET, SENAI e SENAC-Rio. O CEFET/RJ - UnED Itaguaí, abriu o calendário de visitas do mês com a turma do curso Técnico em Mecânica. Eles compareceram à NUCLEP nos dias 01 e 08/06 e trouxeram cerca de quinze alunos em cada um dos dias, instruídos pelo professor Humberto Ferneze.

    No dia 13/06, a NUCLEP recebeu a turma do curso de Soldador de Tubulação do SENAI com o instrutor Artur Luiz Balthazar. Na ocasião eles puderam observar, além dos instrumentos de trabalho da fábrica, a estrutura do Centro de Treinamento Técnico, local em que os alunos da NUCLEP desenvolvem suas potencialidades.

    Nessa quinta-feira (29/06), foi a vez do SENAC-Rio conhecer de perto o trabalho na fábrica. Junto com o instrutor do curso Técnico em Segurança do Trabalho, Cláudio Ribeiro, a turma pode acompanhar o funcionamento dos procedimentos de segurança de uma grande estrutura fabril como a da NUCLEP.

    “Foi muito gratificante e uma experiência sem igual para minha vida profissional e pessoal realizar esta visita técnica na empresa NUCLEP, pois somou e multiplicou muito mais o meu conhecimento na área de segurança do trabalho e qualidade dos processos produtivos. Eu e os alunos tivemos esta grande oportunidade de apreciar a grandiosidade da fábrica e de como os processos de fabricação são feitos com responsabilidade e qualidade. ”, relatou o instrutor.

  • NUCLEP encerra Semana de Meio Ambiente com efeito positivo

    A NUCLEP realizou, durante os dias 26 a 30/06, o 8º Encontro de Educação Ambiental em suas instalações. A Semana de Meio Ambiente desse ano, abordou a importância da preservação do ecossistema para a manutenção da qualidade de vida do ar, da água e do solo, através da temática dos quatro elementos. Os estandes foram organizados de acordo com o assunto apresentado, e os expositores foram divididos em categorias como qualidade da água, do ar e do solo/resíduos, emergências ambientais, biodiversidade e ações da NUCLEP. Na exposição do elemento água, a Semana contou com a presença de representantes da CEDAE, Fiocruz e Comitê Guandu. Sobre o ar, vieram profissionais da CSA, Vale e Furnas. A respeito do elemento terra, a NUCLEP recebeu a Cooperativa de Mulheres da Baixada (COOMUB), a Cooperecológica, a Pé de Pet, HAZTEC e a CSA. No estande do elemento fogo, estiveram presentes oficiais da PM Ambiental, o INEA – Parque do Cunhambebe, Hidroclean e AlBRIGGS, ambas especializadas em atendimento a emergência no Mar com vazamento de óleos. O estande “Biodiversidade” trouxe arte com madeira reutilizada, hidroponia e a Oficina do Dedo Verde (CSA), além da Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca do Município de Itaguaí (SEMMAP). Durante a Semana, os expositores e colaboradores da NUCLEP, tiveram acesso a produtos saudáveis e de qualidade por meio da feira de produtores locais de legumes, frutas, queijos e outras mercadorias. As ações da NUCLEP também tiveram espaço no evento por meio das exposições do Centro de Treinamento Técnico e da Gerência Geral de Gestão de QSMS com o projeto de certificação da NUCLEP na ISO 14001. Para a gerente geral de SMS, Michelle Alves, o evento é fundamental para trazer a conscientização ambiental do público interno e externo e estabelecer a troca de informações com as partes interessadas (instituições governamentais, órgãos fiscalizadores e reguladores, clientes, fornecedores, funcionários, dentre outros), além de despertar o público para a necessidade de adoção de novas ações que permitam o desenvolvimento sustentável da NUCLEP. “Além de sensibilizar os funcionários em torno da construção de uma sociedade mais cuidadosa e engajada, a Semana permitiu que todo público participante conhecesse um pouco mais as ações desenvolvidas pela Gerência de Meio Ambiente – CSA, com o objetivo de reduzir nossos impactos ambientais e tornar a NUCLEP uma empresa mais sustentável. ”, considerou. Segundo a gerente do setor, Viviane Montebello, o destaque dessa edição foi conseguir trazer a feira de produtores locais, de forma a permitir que os funcionários pudessem adquirir produtos frescos e saudáveis. “Esta ação permite o desenvolvimento econômico local, estimulando a agricultura familiar, que é um dos eixos do desenvolvimento sustentável. Foi muito gratificante o feedback positivo dos funcionários e o interesse na manutenção da feira uma vez por semana. ”, comentou. Através dessas ações, a NUCLEP demonstra sua responsabilidade com o meio ambiente e as partes interessadas, além de contribuir para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental da comunidade onde está inserida.

Páginas