NUCLEP antecipa início da fabricação de uma empilhadeira/recuperadora e estreia com pé direito no mercado da mineração

Com foco em novos contratos a Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A tem trabalhado duro pelo sucesso da sua entrada nos mercados de Energia e Mineração.
 
Foram iniciados essa semana os preparativos no galpão industrial da empresa que servirá como sede para sua mais nova atividade, a Linha de Produção de Torres de Transmissão de Energia. Segundo a Diretoria Executiva da NUCLEP, a intenção é de que a produção comece já em setembro com o início das atividades previsto para antes do dia 15.
 
Já a fabricação de uma máquina “Empilhadeira /Recuperadora”, atividade que credencia a NUCLEP no mercado da Mineração, teve sua largada no último dia 27.8 com o primeiro corte de chapa do projeto. O equipamento é responsável pelo despejo e recolhimento de minério em uma pilha de estocagem para embarques em navios.
 
O primeiro corte de chapa pela NUCLEP foi executado em chapas de 75 milímetros feitas com o método de oxicorte, processo que separa os metais utilizando altas temperaturas e uma reação de oxidação com o oxigênio puro.
 
Apesar de ser uma empreitada inédita, o gerente de Projetos da Diretoria Industrial, Eduardo Carvalho, não enxerga dificuldades técnicas para o piso fabril.
 
“Aqui na NUCLEP já construímos equipamentos de altíssima complexidade para os mercados Naval, Óleo e Gás e Nuclear.
Atendemos ao Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) da Marinha do Brasil e também construímos os equipamentos nucleares para as Usinas Angra 1, 2 e 3. Somos altamente capacitados para atender essa e qualquer nova demanda”, finalizou.